sábado, 2 de janeiro de 2010

BYE

Um dia, segundo dizem as lendas e boatos, criaram coragem. Formaram uma comissão que o interceptou entre dois departamentos e perguntaram-lhe. “Como é que você faz isso?” Ele sorriu aquele sorriso bonito e fóssil, mas nada disse. Principiou a subir os degraus um por um, lento, calmo. Sempre subindo. Passou pela nave da construção como um sopro que se esvai na madrugada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário