domingo, 14 de fevereiro de 2010

FADUS FADUM

Ora, pois, pois, não é que adentra salão adentro um casal de portugueses abstracionistas (não sei se Mabe ou Fukushima). Plenos de vitalidade, a mancha amarela enlaça com pura graça o roxo-esverdeado da cintura, sorrisinho indelével, esboço de saltito. Mas que lindinhos são!

Nenhum comentário:

Postar um comentário