sábado, 20 de fevereiro de 2010

OOOOOHHHHH!

De sandálias saltinho anabela, entra um daqueles franciscanos com cara de malucos que, quando em vez, apareciam nas portas das igrejas e dos açougues para pregar as tentações da carne e do espírito. Geralmente são divertidos, mas ligeiramente impróprios para os menores de treze primaveras, graças ao conteúdo explicitamente explícito de seu fraseado borbulhante como champagne e do cativante brilho de seu olho nu. Sentou numa das mesas de canto, discreto como nunca o fora. Anos e anos de sedento o fizeram assim, calmo, calado, apesar de agitarem-se as águas sob sua superfície de lago plácido. Uns pressentiram que sua tempestade se formava, mas outros nem isso fizeram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário