sexta-feira, 12 de março de 2010

CIRCENCE 2

Naquela noite,
Nem o Sol se pôs;
Ficou na expectativa
Escondido sob arbustos e folhagens
Esperando o desfecho

Todos esperavam tensos,
Numa pesada atmosfera pudica e esperançosa.

Aqueles
Ficaram em suas casas
Com suas janelas semicerradas

Aquelas
Que ninguém consolava
Postaram-se em suas camas
Sobre colchas e fronhas
Todas chorosas.

Subitamente,
Tudo se encerrou.

Com nada mais
Nada menos

Que um dramático
Ponto final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário