sábado, 13 de março de 2010

poema vão

Puxa vida, disse eu, quantas pequenas coisas a gente se esquece de dizer
E de fazer;
Tantos objetos passam pelas nossas mãos sem que sequer
Demos conta disto;
Muitas coisas há que poderíamos dizer, ou sussurrar
Sem que isto nos pareça tolo, fútil,
Inútil;
Puxa vida, voltei a dizer, puxa vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário