terça-feira, 20 de abril de 2010

O tempo

O tempo
é momento
insincero
nos leva
a pensar
que dele
haveria
uma leve
permanência,
mas nada fica;
pulsamos
em seus
pedaços
(fragmentos?)
e,
ao fim,
descobrimos
que o tempo
não existe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário