segunda-feira, 12 de abril de 2010

PRE OPIUM Terceiro

Vi o homem que seguiu o Sol com seus próprios olhos, do nascer ao crepúsculo,
E a noite que se seguia ao cada dia;
Vi também o torpor que dele se apoderava, como um mormaço viscoso
Que nele se infiltrava e que, ao fim de algum tempo,
O arrebatava de si mesmo.

Vendo este homem numa tarde de outono,
Uma brisa fria soprou em minha nuca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário