quarta-feira, 12 de maio de 2010

A CORTINA

poder-se-ia escrever um tango
sobre estas cortinas
(velame de algumas solitárias
janelas)

poder-se-ia agarrá-las
e esfregar-se nelas
num rito profano
de purificação

mas isto tudo é tolice.

Nenhum comentário:

Postar um comentário