quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

O AMOR QUE MOVE O SOL E AS OUTRAS ESTRELAS (ou “A ÚLTIMA MOLDURA”)

“PRA QUE VIVER?”
“SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO!”
“ABAIXO OS JUDEUS!”
“VIVA O ABORTO”
“AMAI-VOS UNS AOS OUTROS!”
“MORTE AO DELFIN!”
“QUEREMOS TRABALHO!”
“OH, ADMIRÁVEL MUNDO NOVO QUE ENCERRA CRIATURAS TAIS!”
“QUERO LIBERDADE!”
“FORA!”
“SIM!”
“NÃO!”
“É!”
“SERÁ?”
“EU NÃO ACREDITO!”
“HEI DE FAZER DESSE PAÍS UMA DEMOCRACIA!”
“QUALQUER MANEIRA DE AMAR VALE A PENA!”
“ABAIXO OS ‘GAYS’!”
“O MUNDO VAI ACABAR ONTEM!”
“DEPRAVADO!”
“L’ETAT C’EST MOI!”
“ALEA JACTA EST!”

CHEGA!!!
(SILÊNCIO)

VIVER
SEM UM SENTIDO
PRA QUÊ?
CONCEITOS CORTARAM MEU,
SEU, NOSSO
CÉREBRO
TAL QUAL TRESLOUCADA CHUVA DE COMETAS
INCANDESCENTES.
QUERO DESCOBRIR MINHA REALIDADE,
AFLORAR MINHA SENSIBILIDADE.
DESCOBRIR MINHA (HOMO?) SEXUALIDADE
FORA DE PRESSÕES,
PRÉ-CONCEITOS,
GENERALIDADES,
ABOBRINHAS,
MOLDURAS E ESTEREÓTIPOS.
SENTIR MEU “EU”
DESNUDO E CRU.
ETERNO ORGASMO A SE PROPAGAR
PELOS RECÔNDITOS DO MEU SER
LIVRE!
TAL QUAL PÁSSARO
BATER AS ASAS
E CONQUISTAR OS CÉUS,
OU O INFERNO, QUEM SABE?
VAGANDO
PELA VASTIDÃO DO INFINITO...

NÃO, NÃO SOU UM DEU,
NÃO SOU NADA.
PEQUENO FRAGMENTO DE MATÉRIA
PENSANTE,
SENSÍVEL,
MAS POSSO TENTAR ENCONTRAR
ALGO,
ALGUÉM
QUE CONDUZA
A INOVAÇÕES
LOUCAS SENSAÇÕES

.......

EI-LO!
MEU “EU”
SENSÍVEL,
PULSÁTIL,
PENSANTE,
VIVO!!!
QUE SE FRAGMENTA EM
MIL,
MILHÕES
DE PEQUENOS PEDAÇOS
QUE DEIXAREI POR ONDE PASSAR
POR TODOS OS CORAÇÕES,
MENTES,
ALMAS E CORPOS
QUE ENTRAREM EM CONTATO COMIGO.
MAS, EIS UMA PARTE QUE PRESERVO.
A MAIS BELA, DOCE E PROFUNDA
A QUAL DAREI A UM GRANDE AMOR
AMIGO,
AMANTE QUE SOU
PRESERVO,
RESERVO
A DULCÍSSIMA PAIXÃO
A UM CORAÇÃO QUE A MEREÇA
E QUE ESTEJA PREPARADO
PARA A GRANDE SÍNTESE.
E DAÍ, ENTÃO,
GRAVITAR PARA OUTROS MUNDOS
E UNIVERSOS
INEXPLORADAS EMOÇÕES.
INESPERADAS SENSAÇÕES.
E LÁ VIVER
ETERNAMENTE.
SOBREPUJAR O MITO DA VIDA
E DA MORTE
SIMPLESMENTE SENTIR
E EXISTIR
PELO PURO PRAZER
DE AMAR,
SONHAR
E VIVER
O LOUCO SONHO DA EXISTÊNCIA
ENFIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário